Tags

, , , , , , ,

Museu de Instrumentos de Tortura Medieval
Cidade: Praga, Republica Tcheca
Local: Centro, Excelente localização ao lado da Ponte Carlos (Karlův Most)
Período: Baixa Idade Média até Renascimento| 1300 – 1600
Link: https://www.museumtorture.com/
Facebook /torturemuseumprague/
Preço: 06 EUR

⭐ Importância Histórica e Conteúdo
⭐ Sala de Exibição e Iluminação
⭐ Qualidade da Coleção dos Itens
⭐ Exibição e Exposição
⭐ Descrição e Display (Tcheco + Inglês)
⭐ Fotografias e/ou Ilustração Explicativas
⭐ Localização, Preço e Acesso

Bom meus caros amigos, este post é sobre uma visita que fiz a cidade de Praga, capital da Republica Tcheca, em dezembro de 2016. Na época o clima estava ameno – um pouco frio – em torno de 8 a 12 graus. Praga é uma cidade muito bem conservada. Nela há reflexos de inúmeras referências históricas ao longo dos séculos. Praga preserva uma atmosfera que vai desde o medieval ao moderno. Podemos observar em sua arquitetura prédios góticos, renascentistas, no estilo parisiense, em blocos de traços comunista, obras conceituais e surrealista, além de belíssimos castelos clássicos. Sem dúvida, Praga é uma joia no centro da Europa.

Mas nesse post quero tratar de um dos museus que visitei na cidade, de característica peculiar que remete ao período entre a baixa idade média e a  renascença, quando a Igreja se lançava a caça das “bruxas”. Esse período é em parte documentado pelo famoso livro *Malleus Maleficarum é o título original em latim (também chamado O Martelo das Bruxas ou O Martelo das Feiticeiras) do livro publicado em 1486 ou 1487 pelos dominicanos Heinrich Kraemer (também conhecido por Heinrich Institoris) e James Sprenger, na Alemanha, em cumprimento à bula papal Summis Desiderantis Affectibus de Inocêncio VIII, que os autorizava criar um manual de combate aos praticantes de heresias – e que veio a se tornar o guia dos inquisidores pelo restante do século XV e seguintes; embora outros manuais tenham sido escritos no período, este é dos mais “perversos e cruéis”, verdadeiro “manual de ódio, de tortura e morte” (wikipédia*).

Malleus Maleficarum Book

Site do Livro: http://www.malleusmaleficarum.org/ – no site pode-se baixar uma versão em PDF.

Bom … a entrada do museu fica em um corredor do prédio bem ao lado da Charles Bridge, em frente a estatua de Carlos IV Rei do Sacro Império Romano-Germânico, do lado de quem vem pelo antigo centro (old town); ao entrar é só subir pelas escadas que podemos ver uma recepção para a compra do ingresso, que custa em torno 6 EUR.

O museu não é grande mas é bem organizado em seus 3 andares, onde várias salas expõe os instrumentos, do qual são bem distribuídos, e, claro, também muito bem conservado já que estamos falando de pelo menos 700 anos de história. Junto aos instrumentos há diversos painéis e fotos que ilustram como eram operados aquelas “máquinas” de tortura. Entre os andares há também espaços onde são recriados ambientes das antigas masmorras, alguns efeitos sonoros e audio-visuais são utilizados para criar o clima.

Meu contato com a exposição foi muito bacana, realmente é um tema que nos faz refletir sobre aspectos da antiga sociedade medieval européia com base nos princípios religiosos da igreja; de como tais homens apoiados “legalmente” em suas crenças cometiam tais atrocidades. É uma profunda viagem no tempo que nos faz repensar sobre preconceitos, ignorância, controle e poder.

Bom meus amigos e leitores na minha opinião critica o museu é muito interessante e vale o ingresso, acredito que 1 hora seja suficiente para visitar todas as salas e vivenciar um pouco do passado. Abaixo algumas fotos da exposição.

Obrigado e Valew Valew 😉

Localização do Museu em Praga: