Tags

, , , , , , , , ,

Conciergerie e Sainte-Chapelle
Cidade: Paris, França
Local: Île de la Cité | Palácio da Justice de Paris
Tema: História (Revolução Francesa), Monarquia, Igreja e Arquitetura
Links: http://www.paris-conciergerie.fr | http://www.sainte-chapelle.fr/
Facebook LaConciergerieDeParis | SainteChapelleDeParis
Preço Combinado Conciergerie + Sainte-Chapelle: 15 €

⭐ Importância Histórica e Conteúdo
⭐ Arquitetura e Ambiente Interno
⭐ Sala de Exibição e Iluminação
⭐ Qualidade da Coleção dos Itens
⭐ Exibição e Exposição
⭐ Tecnologia, Painel Interativo dos Processos (Francês + Inglês)
⭐ Descrição e Display (Francês + Inglês)
⭐ Fotografias e/ou Ilustração Explicativas
⭐ Recepção e Areas Públicas
⭐ Localização, Preço e Acesso

Este programa por Paris em Île de la Cité é mais que revelador, pois é uma profunda viagem pela história. Ao falarmos de Paris sem nos ligarmos a Revolução Francesa de 1789, compreendendo suas razões, causas e consequências desse movimento social revolucionário que alterou o curso do mundo no final do séc. XVIII é deixar escapar a oportunidade de compreendermos as transformações da sociedade moderna.

O mundo ocidental europeu consistia, com início na alta idade média, aprox. no séc. VII, em Impérios, uma herança romana – dos quais, ao longo da história, surgiram inúmeros. Sendo estabelecidos a força e imposta pelas Monarquias emergentes com aval da Igreja Católica Romana, que, por obra de uma política bi-lateral, se transformaram nos pilares que sustentavam as relações de poder, cultuadas sob um manto místico e opressor.

Cada momento da história – seus Impérios e conquistas – no período do medievo tem características particulares, a francesa, sem dúvida, é uma das referências. Ao revelarem gerações e gerações de Reis que com o tempo firmaram bases históricas consolidando o poder em Paris, mais especificamente na Île de la Cité, marco zero da cidade, Reis e Rainhas contaram seus dias.

A história da Île de la Cité (Ilha da Cidade dos Parisis) tem origem nas antigas povoações gaulesas, passando pelo período romano até estabelecerem as primeiras dinastias monarquicas iniciada pelos Francos onde o rei Merovingeo Clóvis I fez de Paris – Île de la Cité, o palácio Real – e capital do Reino dos Francos por volta de 506, permanecendo até pelo menos o início do século VIII, época que marca o início do domínio da disnastia Carolíngea.

Neste processo de estabelecer o poder em Paris o Palácio Real Gótico da Conciergerie atual é localizado na origem das primeiras instalações reais. Logo ao entramos nos deparamos com o imenso Salão da Guarda e dos Soldados, construídos sob o reinado do Rei Felipe IV “O Belo”, que ainda permanecem intactos aos nossos dias tal qual no tempo do palácio medieval.

Vale dizer a respeito de Felipe IV “O Belo” que, juntamente com o Papa Clemente, foi o responsável pela Supressão da Ordem dos Templários, em 1307 e posteriormente parte deles condenados a fogueira; na ponta da Île de la Cité, logo abaixo a estátua do Rei Henrique IV, há um memorial aos Templários.

Os reis da França abandonaram o palácio da Île de la Cité no final do século XIV para se instalar no Louvre e em Vincennes. Em seguida, assumiu um papel judicial, e parte do palácio foi convertida em células da prisão. Prisão revolucionária. A Conciergerie tornou-se um dos principais locais de detenção durante a Revolução Francesa, com a instalação do Tribunal Revolucionário. O prisioneiro(a) mais famoso era Marie-Antoinette. Durante a última Restauração, uma capela comemorativa foi erguida no local de sua cela.

No espaço podemos entender um pouco mais sobre a Revolução Francesa de 1789, através de um breve filme, que trata da primeira República Francesa (1789 – 1799, fim do Diretório) e seus desdobramentos, evidentemente o chamado “período do terror” orquestrado pelo Jacobino Maximilien de Robespierre, advogado e político francês, e uma das personalidades mais importantes da Revolução Francesa. Os seus amigos chamavam-lhe “O Incorruptível”. Principal membro dos Montanheses durante a Convenção, ele encarnou a tendência mais radical da Revolução, transformando-se numa das figuras mais controversas deste período. Os seus inimigos chamavam-lhe o “Candeia de Arras”, “Tirano” e “Ditador sanguinário” condenando à morte na guilhotina milhares de opositores políticos. (wikipédia)

Durante a visita nos deparamos com alguns elementos da prisão e do tribunal, como o livro de registros, chaves, as celas, a lista dos cidadãos condenados a guilhotina e seus processos, nestes há um terminal digital com todas as informações, destacamos Marie Antoniette, Danton e Marat (fotos).

Um dos casos mais emblemáticos, sem dúvida, foi o de Marie Antoniette, esposa do Rei Luis XVI, “bode-espiatório” de uma Monarquia em Xeque. Há muitas discussões sobre o papel e comportamento de Maria Antonietta em seu período na corte francesa. Filmografia: Adeus, Minha Rainha (2012) e Maria Antonieta (2006). É o sistema do antigo regime (poder aristocrático) sendo definitivamente setenciado a luz da revolução francesa.

Dentro do complexo do Palácio da Justiça, ao lado oposto da Conciergerie, encontramos uma das Jóias da Île de la Cité, A Sainte Chapelle (Capela Santa). Uma capela gótica fabulosa. São dois pisos magnificos, no primeiro detalhes de algumas relíquias e a estátua do Rei Luis IX, idealizador da Capela (São Luís, origem do nome da cidade brasileira capital do Maranhão). A maior atração, ao visita-lá, são seus vitrais multi-coloridos em ricos detalhes, considerados os melhores do gênero no mundo. Através dos vitrais do segundo piso podemos acompanhar a saga bíblica por completo, sem dúvida um patrimônio cultural universal incalculável.

Esta é uma sugestão turistica e cultural imperdível para quem visita Paris, espero que gostem e façam o tour. Um abraço no coração e como de costume algumas fotos, ilustrando o passeio. Mais uma vez…
Valew Valew  🇫🇷😉👍

Palácio da Justiça

Conciergerie Hall

Primeira República Francesa (Revolução)

Livro de Registro dos Prisioneiros

Painel Interativo dos Processos РRevolṳ̣o Francesa

Ilustra̤̣o РGuilhotina

Memorial – Maria Antonieta

Pintura – Maria Antonieta rumo a Guilhotina

Vestimenta usada por Maria Antonieta em sua execução

Frente do Palácio da Justiça – Visita em 2013

Torre Sainte Chapelle (vista do Palácio da Justiça)

Visita a Sainte Chapelle, Setembro 2017

Estátua de Saint Louis

Andar Superior da Sainte-Chapelle

Sainte Chapelle

Localização da Conciergerie e Sainte Chapelle em Paris