Tags

, , , , , , , , ,

Museu Byzantino e Cristão
Cidade: Athenas, Grécia
Local: Av. Leof. Vasilissis Sofias, Próx. ao Parlamento Helénico (Syntagma Square)
Tema: Arte, Religião, Cultura e História
Link: http://www.byzantinemuseum.gr/en/
Facebook byzantineandchristianmuseum
Preço: 4

⭐ Importância Histórica e Conteúdo
⭐ Arquitetura e Ambiente Interno
⭐ Sala de Exibição e Iluminação
⭐ Qualidade da Coleção dos Itens
⭐ Exposição dos Displays (info dos itens)
⭐ Descrição e Display (Grego + Inglês)
⭐ Fotografias e/ou Banners com Ilustrações Explicativas
⭐ Recepção e Areas Públicas
⭐ Localização, Preço e Acesso

O Museu Byzantino e Cristão, com sede em Atenas, é um dos museus nacionais da Grécia. O museu tem mais de 25 mil artefatos em sua posse. Os artefatos datam de entre o século III e XX, e sua proveniência engloba todo o mundo grego, bem como as regiões nas quais o helenismo floresceu. O tamanho e alcance das coleções e o valor das exposições fazem do Museu um verdadeiro tesouro da arte e da cultura bizantina e pós-bizantina.

A Exibição permanente é essencialmente itens que contam a história do Império Byzantino, não só no aspecto religioso da Igreja Ortodoxa Byzantina mas principalmente das conquistas políticas e sociais deste rico império. Dedica-se a cultura bizantina nas suas mais variadas formas de relevância e magnitude.

“Byzantium” ou “Império Byzantino” foi o nome dado no século XVI para descrever o Império Romano do Oriente a partir do século IV em diante. Era pelo menos, no início, um estado multi-religioso, que teve um efeito decisivo sobre a fortuna do mundo antigo e medieval, do século IV até 1453, quando foi sucumbido pelos turcos otomanos.

o Império de “Byzantium” não era de modo algum imutável; caracterizou-se por mudanças intermináveis ​​em suas estruturas, sua função, seu caráter. As invasões bárbaras (2º-6º séc.), A expansão dos árabes (7º século), a epidemia, as mudanças climáticas e outros fatores deixaram seus vestígios sobre seus cidadãos, sua administração, sua cultura.

Apenas algumas características romanas sobreviveram no século IX. Na época, o Estado era limitado à terra e multinacional, sempre cristão, e tinha sua própria cultura original; O idioma em uso era o grego. A estrutura administrativa e a economia mudaram. As enormes províncias do século IV desapareceram, o quadro urbano entrou em colapso e foi substituído por assentamentos fortificados. O Império foi ruralizado e permaneceu principalmente rural nos séculos seguintes (10º ao 14º séc.), elementos que podemos entender em visita ao Museu.

Há diversas rotas temáticas que contam a história byzantina, iniciando em um belissimo salão em mezanino bem amplo e iluminado, percorremos com muita atenção as peças mais primitivas da história byzantina e grega; na sequência descemos uma escada que nos levou há uma das partes mais encantadora do Museu, os salões de Arte Cristã Ortodoxa, Os ícones byzantinos e pós-byzantinos do Museu constituem uma de suas coleções mais importantes e mais ricas. Existem cerca de 3.000 obras com uma variedade de temas iconográficos. Esse tour cultural é de valor incalculável são milhares de peças e objetos que deixam qualquer visitante maravilhado.

Podemos encontrar durante a visita diversas coleções como esculturas em pedra e madeira, cerâmicas, mosaicos, tapetes, evangelhos, pinturas sacras, moedas em ouro, selos imperiais, jóias, cerca de 500 manuscritos bizantinos e pós-byzantinos, etc etc etc … um mundo complexo e profundo, uma fusão de conteúdo histórico vivo em um espaço notável; é, sem dúvida, uma perfeita visita cultural.

Não perca se for a Athenas. Fotos Abaixo … vlw vlw e abração !!!!

Localização do Museu Bizantino e Cristão em Athenas