Palácio Otomano ⥂ Topkapı Palace Museum #Istambul, Turquia

Palácio Otomano ⥂ Topkapı Palace Museum
Cidade: Istambul, Turquia
Local: Parque Arqueológico Sultanahmet
Tema: História do Império Turco-Otomano
Elementos: Política, Arquitetura e Religião Islâmica
Site: https://topkapisarayi.gov.tr/en
Preço Normal: 60 TL | 09 € Entrada Básica + Harem 35 TL | 05 €

⭐ Importância Histórica e Conteúdo ⭐ Arquitetura e Ambiente Interno ⭐ Sala de Exibição e Iluminação ⭐ Descrição e Display (Turco + Inglês) ⭐ Fotografias e/ou Ilustração Explicativas ⭐ Recepção e Areas Públicas ⭐ Localização, Preço e Acesso

Topkapi Palace Museum

Nesse post em #MuseumsOnTheRoad partilharemos de um incrível mundo e estágio político-econômico que alterou significativamente a nossa história. Visitaremos o Coração de um dos maiores e mais influentes Império do Mundo — O Império Turco-Otomano. A história desse Império inicia-se muito antes com a migração de várias tribos turcas da região que conhecemos hoje como Ásia Central – onde atualmente estão os países Turcomenistão, Uzbequistão, Tadjiquistão, etc … – essa migração data aprox. do séc. X – Ao se dirigirem para a antiga Pérsia os Turcos estabelecem uma dinastia “raiz” conhecida como Seldjúcidas, originários do ramo Qynyk dos Oguzes – ao se socializarem com as novas adaptações políticas e econômicas da região persa, essas tribos turcas foram submetidas ao processo de Islamização – nesse momento os turcos egressos de suas origens culturais passam a adotar em caráter definitivo a Religião Monoteísta do Profeta Maomé, o Islã.

Os Seldjúcidas permaneceram na Pérsia, no entanto, a partir do Século XIII, no deu-se uma nova migração das tribos turcas, em consequência aos ataques dos mongóis sob a liderança do temível Imperador Genghis Khan. Como muitos sabem através da história Genghis Khan, ao unificar os clãs mongóis, estabeleceu um novo Império e seu exército “varreu com sua fúria” praticamente todas as estepes da Ásia Central e algumas outras regiões da Eurásia.

Muitas das Tribos Turcas Seldjúcidas para fugirem dos ataques mongóis, em constante ameaças, se deslocaram em direção ao Império Bizantino, mais precisamente na região da Anatólia. As fronteiras do Império Sedjulque estavam entre três grandes Impérios – O Império Mongol a Leste, O Império Bizantino ao Noroeste e o Império Aiúbida a Oeste (Saladino) e, ainda, ao Sul havia o Deserto do Golfo Arábico, com suas tribos de beduínos, região que dificultava a sobrevivência dos povos turcos.

Há uma série/novela turca – da qual estou “devoto” – que atualmente está na 5ª temporada, que retrata com uma excelência as narrativas da época e de como esse processo migratório das Tribos Turcas Seldjúcidas ocorreu. Inicialmente partindo do planalto do Irã em direção a Anatólia Cristã-Bizantina. Essa trama com seu enredo tem por objetivo retratar os dramas vividos pelos povos turcos nesse processo, mais especificamente a Tribo Kayi e seu líder Ertugrul Bei, pai de Osmã I conhecido como o fundador do Império Turco-Otomano.

Link da Dinastia Otomana: https://pt.wikipedia.org/wiki/Dinastia_otomana

Diriliş Ertuğrul – O Grande Guerreiro Otomano | NETFLIX – Ep.90 – 3ªT
https://www.netflix.com/title/80127001

O Palácio Otomano fica bem atrás da Basílica de Santa Sophia, com vista ao Estreito de Bósforo, que conecta os Mares Mediterrâneo e de Mármara ao Mar Negro, na Ásia Central. Essa é uma posição extremamente estratégica mesmo nos dias de hoje – imagina antigamente?! pois, desse ponto podia-se controlar praticamente todas as rotas de comércio, entre os continentes Africano, Europeu e Asiático.

Hagia Sophi
Entrada do Palácio de Topkapı




O Palácio é um verdadeiro Esplendor Arquitetônico e Cultural. Foi inicialmente construído entre 1460 e 1478 pelo Sultão Maomé II, o conquistador de Constantinopla, ampliado e alterado muitas vezes ao longo de sua história. O Palácio serviu como a casa dos Sultões Otomanos e sua corte até meados do século XIX. São praticamente 450 anos de poder, sobre as águas do Bósforo.

No Segundo Pátio fica a Câmara Domed – Sala do Conselho Imperial – que, de certo modo, representa a natureza universal do Império Otomano. Embora um Conselho Imperial, sob a liderança do soberano otomano, tivesse se reunido desde o estabelecimento do império, os sultões deixaram de presidir pessoalmente as reuniões do conselho após a época do sultão Maomé II. Em vez disso, eles simplesmente seguiriam o procedimento sentando-se em uma pequena sala separada da câmara de reunião por uma grade. Eles, no entanto, sinalizavam quando o processo terminava, seja atingindo a grade com o cetro ou por meio de um anúncio verbal.





Os salões são extremamente luxuosos em seus detalhes e arquitetura. São áreas comuns as autoridades aos Vizires e Oficiais, um apropriado ambiente de reuniões ligados ao Sultanato. Todas essas áreas estão disponíveis aos visitantes.

Há, também, outras Salas-Museus com os famosos Tesouros do Império, tais como as Armas, Tapetes, Vestuários, Artes em Peças Palacianas e Quadros, Relíquias do Islã – inclusive pertences do próprio profeta Maomé – Reliquias Otomanas, etc … Estão disponíveis ao público, mas infelizmente não podemos fazer registros fotográficos com equipamento algum – inclusive do celular. A todo instante sistemas de vigilância, como câmeras de vídeo e indivíduos da segurança do museu, estão a postos e atentos para impedir aos que utilizarem algum tipo de dispositivo fotográfico. Não pude deixar de fazer umas tentativas – só consegui essas fotos logo abaixo dos museus.



Cobertura do Trono | Sala de Audiência – Séc. 16
Tapete – Séc. 16
Espadas Usadas pelo Maomé II – Conquistador de Constantinopla – 1453 dc

Bom … Passado essas Salas-Museus, caminhamos pelo Palácio entre os admiráveis jardins recheados de Rosas Vermelhas – A visita foi feita no mês de Maio, 2018, em plena primavera num dia azul perfeito. Destaco também a Biblioteca do Sultão Armed III (1703-30), os demais salões com deslumbrantes Azulejos Azuis e peças clássicas em mosaico, além, é claro, de passear pelo terraço bebendo um típico Café Turco apreciando a vista para o Estreito de Bósforo.








Sultão Armed III









Essa atmosfera palaciana – passa exatamente nesse palácio – está retratada em uma outra série “Magnificent Century” – Que aponta para um drama conjugal entre uma escrava de seu Harem e o Sultão Suleiman I “O Magnífico” que foi o Califa do Islã e Sultão do Império Otomano de 1520 até sua morte em 1566 – Época conhecida como Período Áureo do Império.

Episode 1 – English Subtitles







Além das atribuições políticas do Império Otomano, o Sultão acumulava também a função de Califa, pois, além de Sultanato o Império também era o Califado que administrava as questões religiosas do Islã. O palácio é realmente uma joia, um espetáculo irretocável do poder de uma cultura e da ambição de um povo nômade. Maravilhas para serem vistas e apreciadas em todas as partes do passeio. Ao conhecer Istambul – O Palácio Histórico do Império Otomano é o ponto de chegada e, também, o ponto de partida de uma fascinante história. Salve a Glória dos Sultões Otomanos.



Eu e Filhota Camila em #MuseumsOntheRoad por Istambul, não poderíamos desejar um dia mais encantador – amamos literalmente – curtimos e apreciamos a história de um dos maiores Impérios recente, que após a 1ª Guerra Mundial, “desapareceu” sendo substituído pelo Estado Nacional Moderno – A República da Turquia 🇹🇷 – mas que em sua alma elevada ainda reza pelos tempos imemorias E podemos conferir suas glórias bem aqui. Um Valew Valew e até breve Istambul.

Localização do Palácio de Topkapı em Istambul

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.